Leads quentes e frios: o que são e como funciona essa estratégia?

Leads representam potenciais clientes para a empresa, e conseguir compreender as fases de interesse dos consumidores por seus produtos, pode ajudar a determiná-los como leads quentes e frios.

Mas afinal, o que são leads quentes e frios? Entender o que os diferencia pode auxiliar na elaboração de um plano de vendas mais eficiente, potencializando a conexão entre a marca  e consumidores e contribuindo para o crescimento da empresa. Saber diferenciar os leads pode melhorar as oportunidades e as chances de conversão de novos compradores, tornando essa estratégia muito importante para a ampliação de uma marca no mercado.

Como gerar leads?

A geração de leads qualificados pode acontecer de várias maneiras, sempre com o intuito de atrair potenciais clientes, realizar a nutrição de leads, e então chegar à conversão, ou seja, ao fechamento de vendas.

Atualmente, diversas ferramentas automatizadas auxiliam as companhias  em seus planos de vendas, dando muito mais eficiência às conversões. Os principais elementos usados na nutrição de leads são:

  • CTA: a abreviação de “call to action”. O CTA se refere a uma chamada para ação, em que  o usuário é convidado a realizar alguma atividade para receber algo em troca. Eles  são muito comuns em blogs e, geralmente, convidam  as pessoas a cadastrar em seus e-mails em troca do envio de conteúdos.
  • Formulário: os formulários servem para a captura de informações do lead, como email, telefone, endereço, etc. É importante que ele  não seja muito extenso para que o usuário não desista do preenchimento.
  • Landing page: é uma página voltada para a conversão de visitantes em leads. Normalmente, quando uma pessoa clica em um anúncio na internet, é para a página de landing page que ela é direcionada. 
  • Oferta: semelhante ao CTA, na oferta, a empresa oferece algo em troca de informações, como e-mail e telefone. O brinde pode ser um cupom de desconto, um e-book, etc. 

O que são leads quentes?

Quando uma pessoa realiza um contato com um negócio, e, depois desse primeiro contato, continua se relacionando com a empresa, podemos considerá-la um lead quente, já que ela mostra real interesse no produto ou serviço.

Além do interesse demonstrado, detalhes como a necessidade pelo produto, a verba e autoridade para fechar um negócio também precisam ser considerados para determinar se de fato o lead é quente.

E leads frios, o que são?

Diferentemente dos leads quentes, os frios apresentam características distintas e perceptíveis. Trata-se de indivíduos que até demonstram algum interesse por um produto ou serviço, mas que não precisam, de fato, daquilo, ou então não estão qualificados para recebê-lo.

Podemos até definir os leads frios como leads qualificados, porém, apesar desses usuários fazerem parte do banco de dados da empresa, eles exigem muito mais estratégias de marketing e vendas para serem convencidos de realizar uma compra.